sábado, 10 de maio de 2008

SEGREDO: Mégane Grand Tour RS


Foto: Vitor Matsubara

Muitos motoristas (especialmente os homens) não gostam de station-wagons pelo simples fato de terem “cara de família”. Apesar de alguns modelos contarem com versões esportivas – vide a nova Audi RS6 com 580 cavalos de potência -, é inegável que, à princípio, o intuito dessa categoria de veículos é transportar família, filhos e bagagem com espaço de sobra.

É por isso que muitos fabricantes criam as versões esportivas “de fachada”, ou seja, que contam com acessórios como aerofólios, saias laterais e rodas de liga leve. Tudo visando um visual menos comportado, é claro. O último lançamento nesta linha foi a Fielder S, que, a exemplo de seu irmão Corolla, ganhou detalhes como espelhos retrovisores pintados na cor prata e outros equipamentos dignos de séries especiais.

Pois parece que a Renault pode trilhar o mesmo caminho e ingressar neste clube. Na última sexta-feira (9), o Motor Haus flagrou na Rua Augusta, no bairro dos Jardins, em São Paulo (SP), uma Mégane Grand Tour prata. Até aí, nada demais. Porém, um pequeno detalhe chamou nossa atenção: dois adesivos com a sigla “RS” em vermelho, colados nas portas dianteiras.

Além disso, as rodas de liga leve de 16 polegadas são inéditas no Brasil e semelhantes à versão Dynamique do conversível CC comercializada na Europa. A contradição na Grand Tour RS aparece justamente em sua discrição, já que não existem acessórios como spoilers, saias laterais, faróis com máscara negra, entre outros. Apenas um sutil aerofólio, a mesma peça presente nas configurações “normais”do veículo, adorna a traseira.

Não sabemos se a versão, cujo nome é a abreviatura de Renault Sport, chegará as ruas. Mas o fato de o carro estar licenciado com a placa cinza de São José dos Pinhais (PR), cidade que abriga a fábrica franco-brasileira, pode ser um indício de que a versão pode desembarcar nas concessionárias da marca em breve. O flagrante foi feito. Agora é esperar para ver.

Até a próxima!

Vitor

3 Comentários:

OCTETO RACING TEAM disse...

580 HP em um "carro de mãe"??? Dá para buscar bem rápido a criançada no colégio! hehehehe

Bjus, Lu M.

Everton disse...

Que a Grand Tour é um ótimo carro, muita gente já sabe. Se a versão esportiva pintar por aqui mesmo, pode ter certeza que agradará ainda mais. Afinal de contas, qual o problema em acelerar um pouco mais com a família ?! rs

Juliano "Kowalski" Barata disse...

580hp, no caso, para a família Fittipaldi comprar pães e levar os filhos à escola... rsrsrs...

[]s!

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO