quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Mustang Bullitt: a volta da lenda!



Hollywood sempre foi palco das maiores estrelas do cinema. Ao longo das décadas, a indústria cinematográfica eternizou não apenas atores e atrizes, transformando-os até em ícones de uma geração. E o mesmo também ocorreu com alguns carros, como o fusquinha Herbie. Outro astro sobre quatro rodas, o Mustang pilotado por Steve McQueen em 1968, é lembrado por muitos cinéfilos como protagonista de um dos filmes mais eletrizantes de todos os tempos.

E foi justamente a força desse mito norte-americano que motivou a Ford a ressuscitar, quase 40 anos depois, o mítico sobrenome Bullitt (título do filme protagonizado por McQueen). Limitado a 7.700 unidades, o puro-sangue chama a atenção em todos os detalhes, como a cor “Dark Highland Green”, muito semelhante à utilizada no pony-car original. Os futuros proprietários que não são fãs do verde-escuro exibido nas fotos podem optar pela carroceria pintada em preto, que também dá um ar bravo ao modelo.

Mas a aparência do carro não se limita a mera perfumaria, como acontece por aqui. Além do escapamento, que emite o mesmo som do saudoso 1968, suspensão e freios foram recalibrados para suportar condições de rodagem extremas, e as rodas são de 18 polegadas. O toque final está no propulsor do bólido: trata-se de um V8 de 4,6 litros que desenvolve 319 cv e entrega 44,9 kgm de torque. A tração é traseira, como todo Mustang deve ser.

Como se não bastassem tantos predicados, o preço cobrado pelo Bullitt ainda é mais do que atraente (nessas horas é bom ser americano): pela exclusividade, a marca de Michigan pede US$ 31.075, algo em torno de R$ 53.000. E pensar que, por essas bandas, o valor é suficiente para comprar um carro do porte de um Chevrolet Astra ou um Fiat Stilo. É, definitivamente o Sol não nasce para todos...

Até a próxima!

Vitor

4 Comentários:

Everton disse...

Sabe, Vitor...

Odeio Mustangs, mas já que você fez a caridade de passar no 1por64, fui obrigado a retribuir de algum jeito.

Belo Mustang. Viva. EEEEE...


ahahahahahah

Abs

Blog F1 Grand Prix disse...

Caramba, esse preço é ridiculamente baixo para um Mustang! Como você mesmo disse, o Sol não nasce para todos hehehe...

Grandea abraço!

Gustavo Coelho

Renato Bellote disse...

Um belo carro. Mas gosto mesmo é do 68.

abs,
R. Bellote

Anônimo disse...

Pois é, aquele comentário do collor continua atual quando fala da indústria automobilística nacional...andamos em "carroças" pelos preços de Mustangs!!E as montadoras "montadas" em recordes de vendas dessas carroças...
Abços
Lima
S.Livramento RS

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO