segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Corolla 2008: fica pra próxima



Gosto não se discute. Mas que o Toyota Corolla sempre carregou consigo a fama de “carro de tiozão” (sem provocações contra o Sentra), isso é inegável. Claro que a preferência dos clientes mais velhos se justifica pelas inúmeras qualidades do sedan, como o conforto ao rodar, sua conhecida durabilidade e a ótima relação custo/benefício, apenas para citar alguns exemplos. Mas também é verdade que o design do Corolla sempre foi um tanto conservador ao longo de suas nove gerações. E, assim como ocorreu com seu rival Civic, esperava-se que a versão 2008 do três-volumes apresentasse formas mais inovadoras e futuristas.

Não foi o que aconteceu. A marca japonesa, que chegou a ocupar o posto de maior montadora do mundo (mas que recentemente voltou ao segundo lugar no ranking), escolheu um palco no mínimo inusitado para exibir a décima geração de seu maior sucesso de venda: o SEMA Show, reduto dos “tuneiros” de plantão. Apesar das novidades e melhorias, o Corolla decepcionou os fãs que aguardavam por uma reforma radical. Se a dianteira é renovada e lembra o seu “irmão” Auris, o mesmo não se pode dizer da lateral e traseira, semelhantes até demais com o sedan atual.

Em contrapartida, o interior é completamente diferente do “nosso” Toyota: o painel, totalmente redesenhado, remete ao do luxuoso Camry, e agrada aos olhos. Destaque para itens de conforto, como o câmbio automático seqüencial de cinco marchas. Assim como no Civic EXS top de linha, as trocas podem ser realizadas por meio de borboletas localizadas atrás do volante. Para completar, assoalho plano, comandos de rádio no volante, sensor de estacionamento e rodas de liga leve aro 16 são alguns dos itens já existentes no concorrente da Honda e que passam a ser incorporados também no Corolla.

Sabe-se que os clientes da Toyota são fiéis, e dificilmente trocam seus carros por outras marcas, máxima que também vale para os felizes proprietários de Honda. E parece que os japoneses de Sumaré (SP) têm bons motivos para comemorar, já que o número de Civic vendidos em outubro foi quase o dobro da quantidade de Corolla comercializados no mesmo período. Resta saber como será o próximo round dessa briga, quando o Corolla desembarcar por aqui no início do ano que vem. Páreo duro à vista.

Até a próxima!

Vitor

2 Comentários:

Paulênho disse...

PARABENS PELO BLOG!

www.automobilismoemdebate.zip.net

Juliano "Kowalski" Barata disse...

O jeitão lembra uma versão muito-bem-comportada de um Subaru WRX... o design está interessante, mas a lateral não parece casar muito bem com o resto do conjunto. Fica parecendo até que o entre-eixos é curto demais por causa da dimensão aparente das portas...

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO