quinta-feira, 11 de outubro de 2007

BMW M3 Sedan: voando baixo!


Carrocerias duas portas fazem parte da “cartilha do bom esportivo”. Muitos entusiastas ainda torcem o nariz ao se depararem veículos de quatro portas criados para andar forte nas estradas. Mas, em alguns casos, o temperamento explosivo de station wagons como a nova RS6 Avant e de sedans como o Honda Civic Si é capaz de superar qualquer preconceito com esse tipo de carroceria. E é o que a BMW percebeu ao ressuscitar a configuração de quatro portas para o mítico M3.

Ausente na geração passada, denominada de E46, o M3 Sedan (ou Limousine, como é conhecido na Alemanha) possui os mesmos predicados que consagraram o seu “irmão” mais velho Coupé. Embora a reestilização elaborada pelo designer Chris Bangle na Série 3 não tenha agradado a todos, a versão M deixou as linhas do três volumes mais dinâmicas e modernas. É verdade que o propulsor V8 de 4,0 litros ajuda – e muito – na hora de assinar o cheque, mas o pacote esportivo que inclui rodas de 19 polegadas, um par de saídas duplas de escape, spoiler dianteiro e traseiro e saias laterais ganham pontos preciosos com o futuro proprietário e aspirante a Nick Heidfeld.

Como todo bom BMW, o M3 não decepciona na hora de pisar fundo. Os 402 cv disponíveis sob o capô são suficientes para partir da imobilidade e chegar até os 100 km/h em meros 4,9 segundos. A velocidade máxima, como na maioria dos veículos germânicos, é limitada eletronicamente em 250 km/h. Vale ressaltar que o chassi do carro é totalmente construído em alumínio, resultando em um peso total de 1.605 kg, ou 50 kg a menos do que a versão Coupé.

Digna de aplausos também é a transmissão adotada no esportivo: as trocas de marcha são realizadas de forma manual em uma caixa de seis velocidades sem a opção de câmbio automático, algo comum nos sedans luxuosos. São detalhes como esse que mostram que a BMW leva a sério sua filosofia de proporcionar prazer ao dirigir acima de tudo. Os alemães agradecem. E nós também.

0 a 100:

- Em uma iniciativa inédita no Brasil, a Renault convidou seis “blogueiros” (inclusive este que vos fala) para uma reunião na sede da agência de marketing direto Salem, no bairro do Brooklin, em São Paulo (SP). O objetivo foi coletar opiniões sobre o próximo lançamento da marca no país, o hatch Sandero. Derivado do Logan, o carro deve chegar ao mercado no mês de dezembro para concorrer com Punto, Polo, C3 e Fit. O Motor Haus agradece o convite e torce para que as montadoras comecem realmente a dar mais importância para a Internet.

- A Volkswagen do Brasil anunciou que vai começar a trazer uma versão mais potente do Jetta, sedan derivado da quinta geração do Golf. Apesar do propulsor ser o mesmo, o carro passa a gerar 170 cv, um ganho de 20 cv em relação à versão anterior. Com o incremento na potência, o carro passa a acelerar de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos. A velocidade máxima (205 km/h) permanece inalterada.

Até a próxima!

Vitor

2 Comentários:

Guilherme Lopes disse...

BMW. Não entendo porque ainda há quem compre Mercedes.

Fleetmaster disse...

Parabéns ao MotoHaus pelo convite. ISso é resultado do excelente trabalho !!!!!

Abraços do amigo

Fleetmaster

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO