quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Decifrando os pneus e suas siglas!

Você com certeza já precisou substituir um ou mais pneus no seu veículo. Bem algumas letrinhas, alguns números que vem escritos na lateral de um pneu só servem para complicar a vida?

Muita gente acha isso! É muito importante entendermos o que está escrito no pneu para não colocarmos em jogo a segurança dos ocupantes do veículo e também a durabilidade dos componentes e peças da suspensão. Esses numeros e letras podem ser decisivos em uma situação de emergência!

Antes de decifrarmos os códigos do pneu, vamos falar um pouco sobre a sua anatomia!
Basicamente o pneu é composto por:



  • Carcaça - é a estrutura básica do pneu onde estão as lonas , os cordonéis de aço e a borracha;

  • Talões - são as partes que ficam em contato direto com a roda;

  • Costados - laterais do pneu, área que absorvem os impactos e que sofrem flexão;

  • Ombro - área do costado que faz ligação com a banda de rodagem;

  • Amortecedores - são as cintas de tecido nos pneus de lona ou as de aço nos pneus radiais;

  • Liner - camada de borracha que evita a saída do ar de dentro do pneu;

  • Banda de rodagem - é a parte que onde estão os sulcos e raias do pneu que compõem os desenhos do pneu, ela entra em contato direto com o solo. Responsável pela aderência do veículo;

  • Raias - são os pequenos "blocos" que entram em contato com o solo;

  • Sulcos - são os canais entre as raias da banda de rodagem;

  • Compostos - são os diferentes tipos de borrachas utilizadas nos pneus, podem ser naturais ou sintéticas.


Bem, vamos ao ponto. Afinal o que significam aqueles números e letras escritos no pneu!? Ex.: 195/65 R14 H.




1- Marca do fabricante
1A - Logotipo do Fabricante

2 -Modelo ou tipo do pneu

3 - Características e dimensões do pneu (medida do pneu)

  • P - Quando houver a letra p, significa que o pneu tem uso principal em veículos de passeio. Caso esteja escrito M/C o uso destina-se a motocicletas
  • 185 - Largura da secção (em mm)
  • 65 - Relação entre a altura da lateral (H) e a largura total do pneu (secção do pneu) (S)
  • R - Significa que o pneu é radial. Se for pecedido da letra Z indica que o pneu suporta velocidades entre 240km/h e 300km/h
  • 14 - Diâmetro do aro interno pneu (em polegadas)

4 - Índice de carga/código de velocidade.
No exemplo 85/T >> 85 = 115kg - T = 190 km/h

5 - Pneu com câmara (Tube Tyre) ou pneu sem câmara (Tubeless)

6 - TWI (Tread Wear Indicators) - Indicadores de desgaste do pneu - quando atingidos pelo desgaste, indicam que o pneu deve ser trocado

7 - Códigos internos para controle de fabricação (só a fábrica entende essa parte!)

8 - Local de fabricação

9 - Matrícula D.O.T - indica o estabelecimento de produção, tipo do pneu e período de fabricação (no exemplo o nº 201 indica 20ª semana de 1981 se vier seguido do símbolo (<) significa que foi produzido na década de 90 e assim por diante

10 - Dados referentes à composição e estrutura do pneu

PLIES = camadas de lonas
SIDEWALL = flanco (lateral do pneu)
TREAD = banda de rodagem
STEEL = aço
POLYESTER = poliéster
NYLON = náilon

11 -Dados referentes à carga e pressão máximos:

Max load- carga máxima em kg e Lbs
MAX PRESS - pressão máxima

12 - Registro de homologação (exigência mercado europeu)

13 - Símbolo de homologação do Inmetro

14 - Classificação do pneu junto a UTQG (legislação dos EUA)

Aposto que você se surpreendeu ao descobrir o significado desses códigos!

Vale lembrar que antes de realizar qualquer alteração de pneus no seu veículo é importantíssimo consultar o manual do veículo para saber qual a medida correta para o ser veículo.

Você pode alterar as medidas do pneu do seu veículo mas desde que seja respeitada a equivalência entre os novos e os antigos, para isso, sempre consulte o revendedor de pneus para que ele dê uma orientação correta. Ah, nunca instale pneus com medidas menores do que as recomendadas. Isso pode ser perigoso!

Em breve, trarei dicas de conservação e manutenção para os pneus!

Abraço!

Guilherme

6 Comentários:

sara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Blog F1 Grand Prix disse...

Muito boa a sua explicação! Só espero que os pneus do meu Cliozinho não sejam os mesmos que a Stock Car usou na etapa de Brasília hehehe...

Grande abraço!

R. Bellote disse...

Ótimo post.

abs

SAVIOMACHADO disse...

Muito interessante Vitor. Bem explicado. Parabéns. Como você está no meu blog, sempre venho aqui agora pra dar uma espiada pra ver se tem algo de novo e interessante. Esse post está muito legal. Bem informativo mesmo. Um grande abraço!

Fleetmaster disse...

Gostei muito ! Fazia temp o que não lia algo sobre pneus. Acertyou na mosca. Parabpens !

Fleetmaster disse...

Fazia tempo que não lia algo sobre os pneus. Acertou na mosca. Parab´nes.

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO