segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Renault Sandero: a receita do sucesso?





Carros mundiais made in Brasil são raros. Desenvolvidos 100% em território brasileiro então, mais ainda. Volkswagen Fox e Chevrolet Meriva são alguns dos poucos exemplos dessa categoria. Mas a Renault apresenta nessa semana mais um membro desse seleto grupo de veículos: trata-se do Sandero, criado a partir do Logan, mas que (felizmente) pouco lembra o sedan de origem romena.

Pensado para os latino-americanos, mas vendido para o resto do mundo futuramente, o Sandero pouco lembra seu “irmão” do Leste Europeu. O design retilíneo do três-volumes não se repete no hatch, que tem personalidade própria. Linhas angulosas e vincos estrategicamente posicionados servem para dar mais dinamismo e, por que não, requinte à carroceria, no estilo Chris Bangle (designer da BMW) de ser.

A dianteira lembra lançamentos recentes da Renault, como o Modus, o Mégane e o Clio europeu. Já a traseira é inédita na gama de produtos da marca, com lanternas verticais de fácil visualização e desenho interessante, mas que certamente dividirá opiniões. Algo com que os franceses já devem estar acostumados desde os tempos de Twingo e companhia.

Internamente é que nota-se o parentesco com o Logan. O painel é quase idêntico, mas utiliza materiais de qualidade superior. As portas ganharam puxadores mais anatômicos e acabamento um pouco mais esmerado, que se repete também no console central. O espaço interno é amplo, bem como o porta-malas de 320 litros de capacidade, graças à distância entre eixos de 2,59 metros, digna de carros do porte de Golf e Stilo. Qualidades importantes para um carro que pretende brigar com Citroën C3, Fiat Palio e Volkswagen Fox, entre outros.

O Sandero será oferecido nas versões Authentique, Expression e Privilège com três as opções de motorização: as conhecidas 1-litro e 16 válvulas e 1,6 litro e 16 válvulas Hi Torque e a recém-chegada 1,6 litro e 8 válvulas Hi Torque, também presente no Logan desde novembro. Já os preços partem de R$ 29.990 para o Authentique 1.0 e vão até R$ 43.990, cobrados pela versão Privilège 1.6 16V, sempre sem itens opcionais.

Nota do editor: até o momento, a Renault, que em outubro convocou seis blogueiros (entre eles, este que vos fala) para uma reunião com a gerência da marca, não se manifestou sobre uma eventual oportunidade para termos um contato mais próximo com o Sandero. Entendemos que, por se tratar de um lançamento desta magnitude, são inúmeros os compromissos agendados para os próximos dias. E é justamente por isso que esperamos por um retorno, seja ele positivo ou não, sobre a possibilidade deste encontro nos próximos dias. Afinal, se a Renault de fato dá importância para os blogueiros como alegou na ocasião, algo que não acontece com as demais montadoras no país, que ao menos se pronuncie sobre o fato.

Até a próxima!

Vitor

4 Comentários:

Blog F1 Grand Prix disse...

Bonitinho o Sendero, gostei! No dia em que o meu Cliozinho não der mais conta do recado, trocar para um Sendero seria uma "evolução" natural hehehe...

Não sabia que o carro era todo fabricado no Brasil não. Se não me engano, a Renault tinha uma vasta coleção de modelos sendo montada aqui do lado - na Argentina - e de lá os carros saíam para o resto do mundo. Era o caso do Megane, por exemplo.

Vamos esperar o contato da Renault para ver o que eles decidiram fazer!

Grande abraço!

Gustavo Coelho

SAVIOMACHADO disse...

Legal esse interesse da Renault pelos "Blogueiros". Fiquei muito feliz por você ser convidado Vitor. Você merece. Falo isso porque você tem um "senhor" blog. Esse vídeo da Sandero com o Motor Haus personalizado ficou muito legal.
Parabéns cara, meus parabéns mesmo!
Um grande abraço!

SAVIOMACHADO

Fleetmaster disse...

Um amigo comentou que já existem unidades rodando por ai do SAndero !!!

Vitor disse...

Sávio, muito obrigado pelos elogios! Como já te disse, seu blog é uma aula sobre mecânica e afins, e é visita indispensável para qualquer internauta!

Gustavo, a Renault acabou entrando em contato dias depois. Em outra oportunidade irei revelar qual foi o assunto da conversa, beleza?

Fleet, de fato existem alguns Sandero rodando por aí, mas ainda não cruzei com nenhum deles...

Abraço a todos e obrigado pelos comentários!

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO